Publicidade ADS 3

Notícias

Evento celebra o Dia Internacional da Dança

Geral

Sapateado, ballet, danças urbanas ou jazz. Todo estilo de dança transmite algo. Seja no ritmo, na leveza, no empoderamento ou pela energia que passa. Dançar é fazer poesia com o corpo, é capturar o ritmo da vida, transformar os passos e movimentos em arte. No dia 29 de abril, quem passar pela praça do Teatro Carlos Gomes vai poder sentir e se contagiar pelos sentimentos e emoções dessa que é uma das principais artes cênicas da antiguidade. Na data em que se comemora o Dia Internacional da Dança, cerca de 200 bailarinos da Pró-Dança de Blumenau subirão ao palco montado em frente à casa para apresentações gratuitas.

Criado há nove anos para festejar o Dia Internacional da Dança, o evento começará às 19h e é aberto ao público. Serão 14 coreografias, algumas inéditas e outras apresentadas no último espetáculo de fim de ano da escola que trabalhou o tema “Uma noite no museu” nos estilos de sapateado, ballet, danças urbanas e jazz. “Esse é um dos momentos mais especiais para nós, é o dia em que celebramos uma das nossas grandes paixões e transmitimos isso para o público da maneira mais bonita possível, dançando”, menciona a coordenadora Pedagógica da Pró-Dança de Blumenau, Michelle Nicoletti.

O Dia Internacional da Dança foi instituído pelo Comitê Internacional da Dança (CID), da Organização das Nações Unidas para a Educação, Ciência e Cultura (Unesco), no ano de 1982. O dia 29 de abril foi indicado por ser o dia do nascimento do mestre francês Jean-Georges Noverre (1727-1810), um ícone que foi além dos princípios gerais que guiavam a dança naquele tempo. “A dança está ao alcance de todos e pode ser encaixada em uma infinidade de momentos em nossas vidas. Dançar é sinônimo de celebração e de felicidade. Ela transforma, cativa e envolve. Esta é uma ocasião onde mostramos nosso amor por essa arte e também homenageamos os bailarinos e todas as formas de expressão corporal e artística”, acrescenta a diretora da Pró-Dança de Blumenau, Bruna Georgi

23 de Abril de 2019

Deixe seu comentário