Publicidade Prefeitura de Timbó Natal 2

Notícias

FIESC faz imersão em ambientes de inovação em Israel e Portugal

Economia

O Israel Institute of Technology é uma das instituições que o grupo de SC conhecerá durante a missão (foto: divulgação Technion)

A Federação das Indústrias de Santa Catarina (FIESC) inicia neste domingo (27) missão de imersão em ambientes de inovação em Israel e Portugal. A comitiva, liderada pelo presidente da entidade, Mario Cezar de Aguiar, também é integrada pelo diretor de inovação, José Eduardo Fiates, pelo diretor regional do SENAI/SC, Fabrizio Machado Pereira, além de industriais, representantes do Sebrae, Acate, Fapesc e governo catarinense.

Aguiar ressalta que Israel é uma potência em inovação disruptiva. “As principais multinacionais possuem centros de pesquisa no país, que desponta como referência em segurança cibernética, atrás apenas dos Estados Unidos. O software antivírus desenvolvido em Israel protege um em cada seis computadores em todo o mundo. Além disso, as exportações de produtos de alta tecnologia representam cerca de 50% de toda a exportação industrial do país”, afirma. Ele observa que em Santa Catarina o SENAI se destaca nessa área, inclusive estudantes da instituição conquistaram medalha de bronze em cibersegurança, no mundial de profissões na Rússia, em agosto.

A agenda deste domingo, em Tel Aviv, prevê reuniões no Centro Perez para Paz e Inovação, Associação de Fabricantes de Israel (MAI), Elron Electronic e Grupo IDB. O Centro estimula a inovação, criatividade e invenções, especialmente nos jovens. A MAI representa o setor industrial de Israel, com cerca de 2 mil empresas associadas, que respondem por 95% da produção industrial em Israel. O IDB é um dos grupos empresariais mais importantes do país. Se destaca pelas participações em diversos segmentos, como agricultura, supermercados, telecomunicações, tecnologia cibernética e dispositivos médicos. A Elron Electronic é uma holding que atua na criação, financiamento e desenvolvimento de pelo menos 30 empresas de áreas como tecnologia limpa, software, semicondutores, tecnologia médica, telecomunicações, defesa e aeroespacial.

O programa da missão prevê ainda visitas a outras entidades, entre elas, os Institutos Volcani e Weizmann, Embaixada do Brasil no país, Universidade de Tel Aviv, aceleradora The Kitchen - FoodTech Hub, parque de inovação Gav Yam Negev, IBM Alpha Zone, Israel Institute of Technology, startup Mobileye e o fundo de investimento OurCrowd.

Com uma população de 8,8 milhões de habitantes, Israel tem um PIB de US$ 369,9 bilhões e nos últimos dez anos se destacou como uma das economias que mais crescem entre os países da OCDE. No ano passado, o PIB expandiu 3,3%.

Em Portugal, a agenda se inicia no dia 4 de novembro, em Lisboa, com visitas à Uninova Business, Universidade Nova de Lisboa, Digital Innovation HUB, do Instituto de Novas Tecnologias. Além disso, a diretoria da FIESC vai participar da conferência Web Summit.

25 de Outubro de 2019

Deixe seu comentário